Quaker Mingo

CHEGOU QUAKER MINGO: O PRIMEIRO MINGAU INSTANTÂNEO QUE COMBINA ARROZ E AVEIA

O lançamento da Quaker é o único no mercado à base de dois importantes cereais para as crianças: arroz e aveia Quaker.

São Paulo, julho de 2006 – A Quaker, marca do grupo Pepsico, está sempre inovando e desenvolvendo produtos de alto valor nutricional e qualidade. Focando nas necessidades nutricionais dos pequenos consumidores, acaba de inovar seu portfolio e entrar na categoria de mingaus instantâneos com o lançamento de Quaker Mingo.

Quaker Mingo é o único mingau instantâneo do mercado que combina a energia do arroz com a nutrição da aveia Quaker. Mingo é naturalmente rico em fibras e proteínas provenientes da aveia e do arroz, dois cereais de grande importância na alimentação das crianças.

Além disso, cada porção de Quaker Mingo tem cerca de 30% das necessidades diárias de ferro e das vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B12, C, D, E, Ácido Fólico, nutrientes importantes para o crescimento. E tudo isso com um sabor suave e gostoso que os pequenos vão adorar.

Hoje em dia, e cada vez mais, sabe-se da importância de uma alimentação infantil equilibrada, e do seu impacto na idade adulta. É fundamental que a criança seja incentivada desde cedo a ter bons hábitos alimentares e a manter-se saudável na fase adulta, lembrando, principalmente, que o aleitamento materno exclusivo deve ser mantido até os 6 meses, e prolongado até os 2 anos (ou mais).

A variedade de alimentos e sabores, que oferece o aporte de todos os nutrientes essenciais (proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas e minerais), é imprescindível, e desse modo a criança se sentirá estimulada a apreciar os diferentes tipos de alimentos, tornando a alimentação mais divertida e gostosa.

Quaker Mingo, indicado para crianças a partir de um ano, chega para fazer parte desse momento muito importante da vida dos pequenos.

Uma pesquisa realizada pela Quaker com mães, mostrou que elas valorizam o aspecto nutricional dos alimentos que oferecem aos filhos – especialmente em uma fase em que eles consomem muita energia – pois buscam alimentos que além de sustentar os pequenos, sejam ricos em vitaminas importantes para o crescimento.

Com a tradição e a qualidade da Quaker, Mingo chegou para oferecer a criança uma opção de alimento complementar prático e com um sabor que elas adoram. Quaker Mingo vai agradar em cheio os pequenos e as mães. Além de seu valor nutricional, o mingau instantâneo é muito fácil de preparar, dispensando o cozimento ao fogo, oferecendo mais praticidade para o dia-a-dia das mães.

Quaker Mingo é a combinação nutritiva para as crianças.

Quaker Mingo
Preço Sugerido
Cartucho de 400g – R$ 4,50

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL
Porção de 21 g (3 colheres de sopa)

Quantidade por Porção
%VD (*)
Valor Energético82 kcal = 343 kJ
8 %
Carboidratos
17
g
11 %
Proteínas
2,1
g
16%
Sódio
24
mg
11 %
Ferro
1,8
mg
30 %
Vitamina A
120
mcg
30 %
Vitamina B1
0,15
mg
30 %
Vitamina B2
0,15
mg
30 %
Vitamina B3
1,8
mg
30 %
Vitamina B5
0,60
mg
30 %
Vitamina B6
0,15
mg
30 %
Vitamina B12
0,27
mcg
30 %
Vitamina C
9,0
mg
30 %
Vitamina D
1,5
mcg
30 %
Vitamina E
1,5
mg
30 %
Ácido Fólico
29
mcg
30 %
“Não contém quantidade significativa de Gorduras Totais, Gorduras Saturadas, Gorduras Trans e Fibra Alimentar”

* % Valores Diários de referência com base em uma dieta de 1.050 kcal ou 4.410 kJ e IDR de vitaminas e minerais para crianças de 1 a 3 anos (Resolução RDC nº 269/05). Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

O Ministério da Saúde informa: após os 6 (seis) meses de idade continue amamentando seu filho e ofereça novos alimentos.

Algumas recomendações são reconhecidamente importantes para garantir a qualidade da boa nutrição e consequentemente o desenvolvimento e crescimento saudáveis. Até os seis meses, o bebê deverá ser alimentado exclusivamente de leite materno que fornece todos os nutrientes necessários para o crescimento. A partir dos seis meses a mãe deve começar a introdução gradativa de alimentos na rotina da criança, sem abandonar a amamentação, até os 2 anos (ou mais).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.