29 de Abril, Comemora-se o Dia Internacional da Dança.

Como cuidar da saúde dançando: confira as dicas e escolha a dança como sua atividade física regular  

Nesta sexta-feira, 29 de abril, comemora-se o Dia Internacional da Dança. Atividade física vigorosa, dinâmica e divertida, a dança também é uma ótima forma de cuidados com a saúde e pode ser encarada como um exercício “fantasiado”. Destacamos 7 benefícios e ensinamos um passo básico e versátil para você começar agora mesmo

  1. A dança é um é ótimo exercício cardio

Além das vantagens associadas a qualquer atividade que exige fôlego, a dança trabalha resistência para coração e pulmões, força muscular e flexibilidade. Uma atividade como a corrida na esteira pode fazer você perder peso da mesma maneira, é verdade. Mas a dança requer outras habilidades, que você vai aprimorando à medida que pratica. Estamos falando de equilíbrio, agilidade, coordenação e potência.

  1. A dança ajuda a perder peso ou manter a forma

A dança é um exercício aeróbico vigoroso o suficiente para fazer você queimar calorias e emagrecer, se esse for o seu objetivo. Para perder peso, é necessário manter a regularidade. Uma aula de Fit Dance ou de Zumba na Smart Fit queima até 500 calorias por aula (com duração de 45 a 60 minutos), dependendo da intensidade.

  1. E você ainda fortalece os músculos

Dançar é especialmente benéfico para os músculos das pernas, abdômen e bumbum. Também trabalha os quadris e a parte inferior das costas. Algumas modalidades podem exigir ainda mais de braços e ombros. Dançando você ganha tônus muscular e flexibilidade.

  1. Alívio do stress

Quando dançamos, a adrenalina e cortisol, hormônios produzidos em estado de stress, começam a ser gastos pelo coração e músculos e fazem o corpo relaxar, fazendo o cérebro liberar endorfina, dopamina e serotonina, hormônios que dão a sensação de prazer.

  1. Desenvolve agilidade, ritmo e percepção espacial

Acompanhar as batidas da música exige consciência corporal, atenção aos gestos e ao espaço que você está ocupando. Não é só o corpo trabalhando, mas o cérebro também.

  1. A dança é democrática

A dança é indicada para todos. É só querer fazer dela uma estratégia de atividade física. “Pessoas com qualquer nível de preparo físico, com qualquer histórico, e de qualquer idade podem dançar. As aulas de Fit Dance e Zumba da Smart Fit registram 80% da capacidade total da sala. Lembrando que é importante seguir as orientações do professor, pois só ele é capacitado para oferecer opções de intensidade para cada praticante.

 7. Fique por dentro das dancinhas da moda

Funk e as dancinhas que fazem sucesso nas redes sociais marcam presença nas aulas da Smart Fit. A aula é formatada com picos de intensidade. Usamos a estrutura de treinamento aeróbico. As músicas têm estilos bem variados e o que faz mais sucesso são as músicas do momento.

Comece a dançar agora

Não sabe dançar? Tem vergonha de postar aquela coreografia? Para pegar o ritmo, que tal aprender o Step Touch, um passo fácil e versátil que serve como base para diversos tipos e estilos de música? Veja o vídeo com o passo a passo e entre no clima.

fonte: Smart Fit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.