A Alimentação Saudável Pode Potencializar a Fertilidade

Manter bons hábitos alimentares é indicado para todos em qualquer fase da vida, mas pode ser especialmente importante para o casal que deseja engravidar. O consumo de determinados alimentos aliados a hábitos saudáveis podem melhorar a fertilidade.

No caso das mulheres, o ideal é manter a insulina em níveis mais baixos, por isso, uma dieta reduzida em carboidratos é indicada. Quando os níveis de insulina e açúcar aumentam, isso leva a um desequilíbrio hormonal, o que pode causar irregularidades na ovulação. Outro aspecto está relacionado às células ovarianas responsáveis por converter o colesterol em testosterona, que, em excesso, pode atrapalhar a ovulação.

Além disso, os antioxidantes presentes nas verduras, frutas e vegetais estimulam a quantidade e a qualidade dos folículos, que, consequentemente, contribuem para a saúde do ovário. No caso dos homens, melhoram a qualidade do sêmen, afetando positivamente os parâmetros de concentração de espermatozóides, morfologia e mobilidade.

Para quem está em busca de cuidar da fertilidade, faço as seguintes recomendações:

1. Evite gorduras trans: este tipo de gordura pode levar à obstruções arteriais e afetar a fertilidade, bem como o coração e os vasos sanguíneos;

2. Consuma mais gorduras vegetais insaturadas: elas aumentam a sensibilidade do organismo à insulina e reduzem a atividade inflamatória. Podem ser encontradas em óleos vegetais, nozes, sementes e peixes de água fria, como salmão e sardinha. Evite peixes de águas profundas, como peixe-espada, atum, cação, tubarão e arenque, pois podem estar contaminados com arsênio, chumbo e mercúrio;

3. Consuma proteínas vegetais: elas podem ser encontradas em alimentos como feijão, soja, ervilhas, tofu e nozes. Atenção para os alimentos com soja processada (leite de soja, carne de soja, queijo de soja etc.), pois têm efeitos estrogênicos que podem atrapalhar a fertilidade;

4. Consuma carboidratos de digestão lenta: eles são ricos em fibras e vão facilitar o controle da glicose no sangue e dos níveis de insulina. São encontrados nos vegetais, nas frutas e nos grãos integrais, por exemplo;

5. Beba mais leite integral: um copo de leite integral ou uma porção de iogurte integral ao dia podem favorecer a fertilidade promovendo menor oscilação da globulina, que é a proteína que contribui no transporte de hormônios relacionados à fertilidade;

6. Garanta os polivitamínicos: compostos como ferro, zinco, cálcio e ácido fólico são fundamentais. Consuma cereais integrais, espinafre, couve e outras verduras de folhas escuras, bem como abóbora, beterraba e tomates;

7. Hidrate-se: com certeza, água é sempre a melhor escolha (dê preferência às minerais). Café, chá preto e álcool podem ser consumidos em baixa quantidade. De preferência, suspenda os refrigerantes.

Fonte: *Por Dra. Paula Fettback, ginecologista especialista em infertilidade com ênfase em alta complexidade. É doutora pela Faculdade de Medicina da USP e atua com reprodução assistida desde 2006, com consultórios em São Paulo e no Paraná.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.