7 Dicas para um Parto Confortável

Dicas que toda grávida precisa saber para receber atendimento ideal na hora de dar à luz

A gravidez é um momento único na vida da gestante. Um momento carregado de emoção, mas também de muitas angústias e medos. Para tornar esse momento ainda mais confiável e, principalmente, confortável, carregado de afeto e boas lembranças são necessários alguns cuidados.

Diante de tanta violência obstétrica, a ginecologista e obstetra, Dra. Elis Nogueira, separou algumas dicas valiosas para diminuir as sequelas físicas e psicológicas deixadas por alguns profissionais, que não respeitam esse momento tão mágico que é o nascimento de um bebê.

Em primeiro lugar, a grávida, junto com seus médicos de confiança, deve ser ouvida, entender tipos de parto, todas as suas possibilidades e as consequências de cada escolha. O mais importante, é ter um pré-natal que traga as considerações da saúde da gestante e do bebê, para, assim, ter segurança na hora de decisão, tanto a grávida quanto os médicos.

Para um parto confortável, a mulher precisa sentir segurança em todos os procedimentos e ter ao lado uma equipe que saiba das suas escolhas para que todas as decisões não sejam vistas, nem sentidas, como uma violação de seu corpo.

Abaixo, detalhes importantes que devem ser levados em consideração em todos os tipos de partos:

  1. Acompanhante durante o trabalho de parto e o nascimento. É importante que se a grávida quiser, ela tenha o direito de escolher pelo menos um acompanhante durante o parto.
  2. Respeito à mãe. Durante o parto, devem ser respeitadas: escolhas, dignidade, confidencialidade e privacidade da gestante.
  3. Afeto. Toda a equipe médica ou os envolvidos em um parto devem informar de forma clara à parturiente todos os procedimentos que serão feitos, bem como ouvir e considerar suas escolhas.
  4. Contato. Assim que o bebê nascer, a indicação é que ele deve ser entregue à mãe para que tenham contato pele a pele. O bebê e a mãe saudáveis não devem ser separados durante os primeiros dias de vida.
  5. Amamentação. Logo após o nascimento, deve ser estimulado que o bebê seja amamentado pela mãe, o quanto antes.
  6. Técnicas de relaxamento. Se a grávida quiser, ela deve ter contato com elementos que tragam relaxamento para ela como massagens, música e incentivar técnicas de respiração para que a dor seja menor.
  7. Respeitar a melhor posição para mulher. Se o parto for natural, ela deve escolher a posição em que se sente mais confortável para dar à luz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *