Nova Vacina contra Herpes-Zóster Chega ao Brasil a Partir do Próximo Mês

Já aprovado pela Anvisa, o imunizante deve chegar agora com mais 97% de eficácia e, anteriormente, a porcentagem era de 70%.

A dermatologista Dra. Adriana Vilarinho, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD) explica que ainda há mais uma boa notícia: a partir de agora, o tempo de proteção também aumenta dos atuais três anos para mais de 10 anos.
 

O novo imunizante usa vírus inativo, o que ajuda a incluir pacientes imunossuprimidos no esquema vacinal, já que o vírus permanece adormecido no corpo e acorda quando enfraquece a imunidade da pessoa.
 

“A herpes-zóster se manifesta na pele com manchas avermelhadas, muito doloridas e ardentes. Apesar de ser uma doença mais comum em idosos e em pessoas com defesa do organismo fragilizada, como pacientes com câncer e AIDS, entre outras doenças, qualquer pessoa que teve varicela pode desenvolver esse tipo de herpes”, explica a médica.


Dra. Adriana comenta que entre os tratamentos para conter o problema, estão os medicamentos analgésicos e antivirais e a vacina, que pode minimizar muito o risco de desenvolver as bolhas na pele.

Autoria: Dermatologista Dra. Adriana Vilarinho, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.