Unifesp recruta voluntários para tratamentos e pesquisas

Estão disponíveis vagas para pesquisa e tratamento em diversas áreas.

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas e estudos científicos, oferece vagas para voluntários. Abaixo você encontra algumas das áreas disponíveis (existem outras, porém selecionamos apenas aquelas que julgamos relevantes para o público do Guia do Bebê):

– PÍLULA ANTICONCEPCIONAL E SEXUALIDADE FEMININA

O departamento de Ginecologia da Unifesp realiza uma pesquisa para avaliar o impacto de uma pílula anticoncepcional com estrogênio natural na sexualidade das mulheres usuárias.

Podem participar pacientes de 18 a 35 anos, sexualmente ativas e com relacionamento estável (mínimo de seis meses) e satisfatório. Elas devem ter ausência de queixas sexuais, estar sem qualquer esquema de contracepção hormonal nos últimos três meses e não possuir qualquer patologia ou situação que contraindique o uso de contraceptivos hormonais combinados orais.

As voluntárias receberão de graça a pílula por seis meses e terão que responder a um questionário de sexualidade com três e seis meses de uso. Elas realizarão exames de sangue, antes e depois do estudo, para aferição da taxa de colesterol, triglicérides e glicemia.

As interessadas devem enviar um e-mail para:carolinacarvalho@terra.com.brou ligar: 11 5549-6174, falar com Telma.

– TRATAMENTO DE HERPES ZOSTER (COBREIRO)

O Centro de Desenvolvimento e Estudos Clínicos Brasil está recrutando voluntários para uma pesquisa clínica sobre Herpes Zoster, mais conhecida como Cobreiro. Essa doença é uma virose provocada por uma variante do Herpesvírus que também causa a varicela (ou catapora), de incidência rara e que provoca afecções na pele, de maior ou menor gravidade, como formigamento em uma parte qualquer do corpo, seguido de coceira, vermelhidão e bolhas.

O objetivo do estudo é comparar o uso de duas medicações no tratamento da Herpes Zoster, também conhecida como Cobreiro. Para participar do estudo é necessário ter mais de 18 anos, ter a presença da doença ativa, ou seja, estar com as bolhas e não estar grávida ou amamentando.

Os interessados em participar estudo podem entrar em contato, em horário comercial com Graciela, Merielen ou Eveli pelos telefones 5908-7090, 5908-7094 ou 5908-7344, ou também, com Magda pelo celular 97154-7331.

– TRATAMENTO DE HERPES GENITAL

O Centro de Desenvolvimento e Estudos Clínicos Brasil está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa clínica relacionada a herpes genital. A Herpes Genital é uma doença que pode provocar coceiras, formigamento e dores ao urinar, geralmente aparecem pequenas bolhas d’água no local, que quando estouram, podem deixar uma ferida entre outros sintomas

O objetivo do estudo é comparar o uso de duas medicações no tratamento da Herpes Genital. Podem participar do estudo mulheres maiores de 18 anos, com pelo menos um episodio de Herpes Genital e que não estejam grávidas ou amamentando.

As interessadas podem entrar em contato, em horário comercial, com Graciela, Merielen ou Eveli pelos telefone 5908-7090, 5908-7094 ou 5908-7344, ou também, com Magda pelo celular 97154-7331.

– CRISE ASMÁTICA

A disciplina de Medicina de Urgência da Unifesp recruta voluntários de ambos os sexos, com idade entre 13 e 50 anos, que tenham crise asmática. O candidato pode ser fumante e não deve ter febre. Ainda estão disponíveis 102 vagas.

Os interessados podem ligar no telefone: (11) 96351-1412, falar com Dr. Demetrius, ou comparecer pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, ao Pronto-Socorro do Hospital São Paulo (consultório 2, no 1º andar), localizado à Rua Pedro de Toledo, 720, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

– TRATAMENTO PARA PROBLEMAS DE ATENÇÃO E OU HIPERATIVIDADE EM CRIANÇAS

O departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta crianças do sexo masculino, com idade entre nove e 14 anos, com suspeita ou já diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, para participar de um programa que visa avaliar os possíveis benefícios do exercício físico e do consumo dos ômegas sobre o comportamento e a atenção. Não haverá nenhum custo ao participante.

Inscrições:pesquisaTDAH@gmail.com/ (11) 5549-2500, das 7h30 às 18h30.

– MULHERES COM OVÁRIOS POLICÍSTICOS

A disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntárias para uma pesquisa que visa estudar a menstruação em mulheres com cistos nos ovários.

Podem se candidatar às vagas mulheres com até 20 anos de idade com menstruação irregular e suspeita ou diagnóstico de síndrome dos ovários policísticos, que necessitam de tratamento com remédios.

Serão excluídas do estudo as candidatas portadoras de Diabetes, Pressão Alta, doenças na Tireoide, disfunção dos Rins ou Fígado, tumores, trombose (portadoras ou com antecedentes na família). Também não poderão participar da pesquisa as candidatas que tenham desejo imediato de engravidar.

As selecionadas passarão por exame clínico para verificar peso, altura, medidas corporais e pressão, além de ultrassonografia no início do estudo e exames de sangue no início, meio e fim. Estão disponíveis cinco vagas por semana, sempre nas terças-feiras, sendo duas às 8h e mais três às 13h.

As interessadas podem entrar em contato com a pesquisadora Margareth Iwata, através do e-mailmegiwata@yahoo.comou pelo telefone do Ambulatório de Climatério e Endocrinologia Ginecológica (11) 5549-6174.

– SÍNDROME DAS PERNAS INQUIETAS E TRATAMENTO COM EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO

O Setor de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está pesquisando o efeito dos exercícios físicos em pacientes com Síndrome das Pernas Inquietas (SPI) como forma de tratamento sem remédios para redução dos sintomas.

Podem participar da pesquisa homens e mulheres com idade entre 45 e 65 anos com suspeita de SPI e que não pratiquem exercícios físicos regularmente. Serão excluídos da seleção os portadores de fraturas, limitações articulares; como bursite, tendinite, luxação, artrite, artrose e outros problemas de ossos, tendões e músculos. Os pacientes serão divididos em 2 grupos com diferentes tipos de exercícios para verificar seus efeitos. Após o diagnóstico clínico, os pacientes serão incluídos no estudo.

Os interessados podem entrar em contato com Marcelo no e-mailcasemiro.marcelo@gmail.comou deverão procurar o Ambulatório de Neuro-Sono, Disciplina de Neurologia da Unifesp, Balcão 5, às quartas-feiras, situado à Rua Napoleão de Barros, 771, a partir das 13h.

– MENINAS COM PUBERDADE PRECOCE

O Setor de Infância e Adolescência, da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista da Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), recruta meninas que tenham apresentado aparecimento de mamas e pelos antes dos oito anos de idade, e que tenham o consentimento de seus pais ou responsáveis, para participarem de uma avaliação.

A avaliação será realizada nas segundas-feiras à tarde ou terças-feiras pela manhã, com o objetivo de realizar diagnóstico de puberdade precoce. Confirmado o diagnóstico, o tratamento será oferecido gratuitamente no ambulatório, localizado à Rua Embaú, 66, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Os pais ou responsáveis interessados devem entrar em contato, para agendar a triagem, com Dra. Eline no número (11) 99669-5699 ou com Dra. Felisbela Holanda no (11) 98422-6361.

– ATENDIMENTO GINECOLÓGICO GRATUITO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES

O Setor de Infância e Adolescência, da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista da Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), oferece atendimento gratuito a crianças e adolescentes do sexo feminino, com idade entre cinco e 19 anos.

A avaliação é realizada por uma ginecologista, visando verificar e cuidar da saúde ginecológica destas meninas. São avaliados também o desenvolvimento da puberdade e o crescimento delas, com dicas sobre cuidados com a higiene e orientação quanto a eventuais dúvidas desta fase.

O ambulatório está localizado à Rua Embaú, 66, na Vila Clementino, em São Paulo/SP. Os pais ou responsáveis devem confirmar a participação e agendar a triagem com Dra. Eline no número (11) 99669-5699 ou com Dra. Felisbela Holanda no (11) 98422-6361.

Sobre a Unifesp

Criada em 1994, a Unifesp originou-se da Escola Paulista de Medicina (EPM), entidade privada fundada em 1933 e federalizada em 1956. Por meio do Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), iniciou seu projeto de expansão em 2005. Atualmente, a Universidade conta com cursos nas áreas de Humanas, Exatas, Biológicas, Negócios e Saúde ; distribuídos nos seguintes campi: São Paulo, Baixada Santista, Diadema, Guarulhos, São José dos Campos e Osasco, além de unidades avançadas de extensão – Embu das Artes e Santo Amaro. Possui 9.430 alunos de Graduação, 3.144 de Pós-Graduação Stricto Sensu e 5.847 de Pós-Graduação Lato Sensu. A Unifesp também conta com o primeiro Hospital Universitário do Brasil, o Hospital São Paulo. Em 2011, pela terceira vez consecutiva, foi reconhecida a melhor universidade federal do País, segundo o Índice Geral de Cursos das Instituições de Ensino Superior (IGC).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.