“Vacinação de Crianças contra Covid-19 foi Aprovada pela Anvisa e Órgãos Internacionais, portanto é Segura”, ressalta Professora

Nesta semana, dois fatos importantes no combate à pandemia estão sendo celebrados: o início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra covid-19 em todo o Brasil e um ano de imunização dos adultos.

Com relação à imunização das crianças, os pais podem ficar tranquilos, pois a vacina foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e órgãos internacionais, portanto é segura. É o que explica Soraya Smaili, farmacologista da Escola Paulista de Medicina, que foi Reitora da Unifesp no período 2013-2021 e é coordenadora no Centro de Saúde Global (CSG) da universidade e do Centro SOU Ciência, lançado em julho de 2021.


“É importante salientar que a vacina foi analisada por organismos internacionais e também pela Anvisa e foi considerada segura para as crianças. Dados do CDC dos Estados Unidos mostram que, em mais de 8 milhões de doses administradas, ocorreram somente 12 casos de miocardite e todos eles se recuperaram, além de não ter havido nenhuma intercorrência mais grave ou óbito”, detalha a especialista.

 
“Temos que celebrar o início oficial e o fato de que alguns estados já estão vacinando com muita eficiência. 80% dos pais apoiam a vacinação das crianças, lembrando que agora estamos falando da vacinação das crianças de 5 a 11 anos, pois as acima de 12 já foram e continuam sendo vacinadas”, completa.

 
No Brasil, o início da imunização das crianças ocorreu com a vacina da Pfizer, mas a Anvisa está analisando a Coronavac para essa faixa etária. Segundo a Professora Soraya, é possível que haja em breve um volume de vacinas suficiente para abranger todas as crianças nesta idade, o que será importante para o retorno escolar presencial e para a segurança de toda a população.

 
“Quanto mais vacinação tivermos, menos pessoas doentes, menos circulação do vírus e, portanto, mais rapidamente sairemos da pandemia. Mas é importante salientar que devemos continuar o uso de máscaras e manter o distanciamento seguro”, alerta a farmacologista.

Um ano de vacinação no Brasil

 
Em um ano de imunização de adultos contra covid-19, o Brasil chega agora a cerca de 70% da população vacinada. Segundo Soraya, isso foi fundamental no último período, pois diminuiu drasticamente o número de casos com doenças graves e óbitos.

 
“Temos que continuar a vacinação e garantir a dose de reforço que protege fortemente contra a hospitalização”, considera também a Dra. Soraya Smaili.

Profª Drª Soraya Smaili

Professora de Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e coordenadora do centro SoU_Ciência

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.