Voltando ao peso normal após a gravidez

Que mulher não quer perder o mais rápido possível os quilinhos extras que ganhou na gravidez? Tanto aquelas que ganharam pouco como as que ganharam muito peso não veem a hora de voltar ao corpo que tinham antes da barriga começar a crescer.

O problema começa quando algumas dessas mulheres querem emagrecer a qualquer custo, fazendo dietas radicais e hipocalóricas mesmo quando estão no período de amamentação. Essa atitude pode prejudicar o desenvolvimento de seus bebês.

É isso mesmo, uma dieta com poucas calorias pode comprometer a produção de leite da mulher e, portanto, a nutrição do pequeno, que depende desse leite para um melhor crescimento e desenvolvimento.

No período da amamentação, a mulher precisa de pelo menos 400 calorias a mais para suprir as suas necessidades e as do bebê. Essa alimentação tem que ser balanceada com todos os grupos de alimentos (carboidratos, proteínas, minerais e vitaminas). Frutas, legumes, verduras em abundância, carnes brancas e magras, leites e derivados e cereais são importantes na dieta da mamãe.

Tem uma informação que as mamães normalmente esquecem ou não sabem. Quando uma mulher amamenta, seu gasto calórico é aumentado em cerca de 30%. Portanto, é comum mulheres emagrecerem após a gravidez mesmo sem grandes dietas. A amamentação é o jeito que o corpo encontra de voltar ao que era antes. Um dos fatos que comprova a importância da amamentação para o bebê e para a mamãe.

Além de uma dieta balanceada é essencial que a mulher beba muito líquido como água e sucos naturais. O que não é difícil já que a mulher que amamenta tem muita sede. Não há nada comprovado de que adoçantes prejudicam ou não a saúde da mulher ou do bebê e, por isso, se deve evitar esse tipo de substâncias. Tente usar só um pouco de açúcar ou de maneira moderada o adoçante.

Vale o recado: não se esqueça que algumas substâncias podem passar para o leite, chegando ao bebê, como álcool, cafeína e nicotina. A cafeína é encontrada no café, em refrigerantes tipo cola e até em remédios para dores de cabeça. Cuidado.

A procura de um médico e de uma nutricionista para orientação de qual a melhor maneira de se alimentar para não prejudicar a mamãe e o bebê é o melhor caminho para a saúde dos dois. Nunca tome remédios ou vitaminas em cápsula sem indicação médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.