Will Smith Foi Sequestrado Pela Amígdala.

A emoção acontece muito rápido: 0,25 segundos. Em 0,50 você é capaz de reconhecer qual emoção está sentindo e em 1 segundo, você toma uma decisão sobre o que fazer. Esse é o tempo médio que leva para reagirmos a algo que nos desperte raiva, alegria ou tristeza, por exemplo.

Despertado esse sentimento em seguida vem a reação no caso de Will Smith é possível ver que ele vai para o descontrole, ao perceber que a esposa havia ficado chateada é que nitidamente parece ter ido em pontos que para ele são doloridos. Que tipo de gatilho foi acionado no ator? Só ele mesmo poderá identificar. Mas o tapa voou pelas redes sociais.” relata a psicóloga e especialista Shana Wajntraub.
 

Muitos questionando a piada de mal gosto do ator Chris Rock e outros a agressão feita por Will. O fato é que a festa do Oscar deste ano, que era para ser a retomada do evento pós pandemia, de uma forma mais leve, acabou virando assunto no mundo por causa de uma agressão.


Segundo Shana, a agressão física é o extremo de uma reação quando você não consegue controlar a emoção. Will deixou a amígdala cerebral falar mais alto. “A amígdala está localizado no cérebro, no qual primam as emoções básicas, tais como a raiva ou o medo e também o instinto de sobrevivência. Básicas, sem dúvida, para a evolução de qualquer espécie.” diz a psicóloga.

A psicóloga Shana Wajntraub explica que a amígdala, esta estrutura em forma de amêndoa, é própria de todos os vertebrados e se localiza na profundidade dos lóbulos temporais, fazendo parte do sistema límbico e processando tudo relacionado a nossas reações emocionais. E aí tem uma série de fatores que podem colaborar para que esses 0,25 segundos não sejam calados. Até fatores hormonais podem afetar a reação de uma pessoa, e coisas do dia a dia como dormir mal, comer mal, e nesses casos a reação negativa e a intensidade pode ser muito maior. Ninguém sabe como foi a véspera da entrega do Oscar para o ator Will Smith que acabou ganhando o prêmio de melhor ator. Claro que isto não justifica, mas sempre bom sabermos o contexto.


Will Smith foi sequestrado pelas amígdalas cerebrais o sentimento negativo falou mais alto. A piada feita pelo ator fazia referência a uma doença que a esposa de Will tem e que provoca a calvície. A emoção básica nesse caso venceu. Primeiro vem toda essa explosão que está dentro do nosso sistema límbico, e na sequência, só depois, nós usamos o córtex pré frontal que é o nosso lado racional para reagir. É quando a pessoa pode respirar e pensar “não vou falar ou não vou fazer isso agora porque se eu fizer ou falar vai ser ruim posso me arrepender depois. Isso é a evolução da espécie. Will Smith se arrependeu depois de ter sido vencido por suas amígdalas cerebrais, pediu desculpas à academia e ao público, Rock disse que não vai processar Will, a racionalidade colocou os dois astros de Hollywood de volta aos seus devidos lugares. Mas com certeza esse Oscar sempre será lembrado pelo dia que Will Smith perdeu o controle. E um ponto adicional é de que ele mostra inteligência emocional quando volta e pede desculpas.


 “Quando reconhecemos o erro e nos desculpamos, já é um primeiro passo. Pior seria se achasse natural e colocasse a culpa no outro.” Finaliza Shana Wajntraub.


Shana Wajntraub

Psicóloga com MBA em Gestão de Pessoas pela Universidade Federal Fluminense, pós- graduada em neurociências pelo Mackenzie. Mestranda em comu...

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.