A teoria dos Elementos

Os quatro elementos: Fogo, Terra, Ar e Água correspondem respectivamente aos corpos espiritual, físico, mental e emocional. Simbolizam também os processos espirituais, materiais, intelectuais e psíquicos.

Os elementos e os signos

A distribuição dos elementos pelos signos forma as seguintes triplicidades: a cada signo é atribuída uma determinada influência sobre a constituição física e mental do indivíduo. O signo principal ou signo regente do horóscopo é o signo situado a leste no instante do nascimento, é o denominado signo Ascendente. Os signos são contados a partir de Áries, no sentido contrário ao do movimento dos ponteiros do relógio, sendo Áries o 1º signo e Peixes o 12º. Os signos ímpares são denominados positivos ou masculinos, e os signos pares, negativos ou femininos. Os signos masculinos são signos emissores de ação, atividades e vida exterior, os femininos são signos receptores e de retenção, de inércia e de vida interior. Deste modo, os signos dividem-se em polaridades:

Signos do Fogo: Áries, Leão e Sagitário

Signos da Terra: Touro, Virgem e Capricórnio

Signos do Ar: Gêmeos, Libra e Aquário

Signos da água: Câncer, Escorpião e Peixes

Síntese das qualidades essenciais ou primordiais dos signos

Toda pessoa está estreitamente ligada a dois signos básicos, dos quais recebe as influências mais importantes.

O primeiro é o signo solar, ou signo onde se encontra o sol, na data do nascimento, o qual revela a sua individualidade;

O segundo é o signo ascendente, ou signo que está ascendendo a leste, no horizonte, no momento do nascimento, e que determina a qualidade do temperamento e da personalidade a serem desenvolvidas, assim como a aparência e a impressão que causa aos outros indivíduos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *