Como a vida moderna está acabando com as bactérias do bem

Recursos industrializados como alimentos, medicamentos e cosméticos podem matar microrganismos que protegem e regulam nossa saúde


As bactérias que coabitam o nosso corpo têm um peso relevante e sua importância na nossa saúde e equilíbrio, além de um papel fundamental na imunidade. Mas, na vida moderna, o consumo de alimentos industrializados que passam por processamentos e matam essas bactérias do bem é muito grande, o que esteriliza o corpo e afeta a saúde.

“Isso também acontece quando há a utilização de medicamentos e antissépticos”, diz Roberta Travassos Gomes, farmacêutica e proprietária da Acácia Farmácia de Manipulação. A especialista afirma que isso não se trata de uma apologia contra o uso de alimentos industrializados ou contra a indústria farmacêutica, mas sim da utilização racional desses recursos.

“É sobre não ir à farmácia com cesto de supermercado, mas sim fazer do seu alimento in natura o seu medicamento, trazendo mais bactérias benéficas a você e, consequentemente, mais saúde e equilíbrio”, afirma Roberta. Além do papel na nossa imunidade, as bactérias do bem também auxiliam na produção de vitaminas, na diminuição do colesterol, na melhora da digestão e na produção de substâncias químicas no cérebro que ajudam a manter o humor e a sanidade mental, fazendo barreiras contra doenças autoimunes.

Segundo a farmacêutica, as pessoas precisam perder hábitos que esterilizam o corpo e matam a microbiota. “Usam enxaguantes bucal sem infecção no dente, sabonete vaginal sem doença, sabonetes bactericidas para crianças por achar mais higiênico, vermífugos sem ter verme, é preciso retomar o hábito do natural”, explica Roberta.

Roberta afirma que é possível reverter uma vida inteira de industrializados e medicamentos, mudando o mind set (programação da mente) e olhando o alimento com outros olhos, mudando o paladar e fazendo com que a vegetalização seja a base da alimentação, dos medicamentos e dos cosméticos. “Precisa principalmente tirar tudo o que é químico da sua vida na medida do possível, desta forma, a flora será abastecida com bactérias do bem que reagirão e, assim, trarão mais saúde”, analisa.

Para também ajudar no problema, hoje existe a possibilidade da suplementação por probióticos, que ajuda a recolonizar a flora intestinal. Quanto mais variada os tipos de microrganismos, mais possibilidade de oferecer proteção para o sistema imunológico, fortalecer o corpo e regular a saúde e o bem-estar.

Roberta Travassos

Farmacêutica magistral e gestora da Acácia®️ Farmácia de Manipulacão, Roberta Travassos Gomes é formada pela Unimep (Universidade Metodista d...

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *