Diabetes pode ser uma das causas de infertilidade em homens e mulheres

Manter a doença controlada é fundamental para casais que desejam engravidar 

O Dia Mundial do Diabetes foi lembrado no mês de novembro, a fim de reforçar a importância da conscientização sobre a doença. O alerta serve também para os casais que estão planejando uma gravidez. O diabetes é considerado uma doença crônica e, quando descompensada, causa a diminuição da produção ou resistência à ação da insulina, condição que pode aumentar as chances de infertilidade tanto em homens como em mulheres. 

No caso dos homens, a doença fora de controle pode provocar alteração no sêmen, com apresentação de parâmetros seminais menores. Uma das causas de infertilidade masculina ligadas à diabetes é a “ejaculação retrógrada”, que ocorre quando o homem, em vez de ejacular para fora, lança o material seminal para dentro da bexiga devido a um distúrbio neurovascular.

Já nas mulheres, a doença descompensada pode provocar um desequilíbrio hormonal no organismo e causar ciclos menstruais anovulatórios, ou seja, com ausência de óvulos.

Como mencionado acima, o diabetes tipo 2 está relacionado com a resistência à insulina e, na questão da gravidez, esse quadro gera ciclos sem ovulação, o que impede uma gestação espontânea. Também é importante reforçar que o quadro de diabetes não controlado reduz a eficácia do tratamento de reprodução assistida. 

Um dos principais fatores de risco para diabetes tipo 2 é a obesidade  A gestão do peso é fundamental para controlar a doença e aumentar as chances de sucesso dos tratamentos de reprodução assistida. Quem está tentando engravidar e se enquadra nesse cenário deve fazer o acompanhamento multidisciplinar para buscar o equilíbrio metabólico e hormonal e aumentar a chance de resultado positivo do tratamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *