Dia Mundial da Retina: data alerta sobre os cuidados da saúde ocular

Segundo a OMS, 2,2 bilhões de pessoas têm alguma deficiência visual e 1 bilhão de casos poderiam ser evitados

Aos quatro anos, Sonny Pólito foi diagnosticado com miopia. A retinose pigmentar, doença genética que reduz a possibilidade de enxergar, apareceu aos 10 anos de idade. Três anos depois, não conseguia ler. Ao contrário de Sonny, a falta de acesso ao tratamento oftalmológico e desconhecimento sobre as doenças oculares é um dos principais fatores que impossibilitam a reversão do quadro. Por isso, o dia 29 de setembro foi escolhido como Dia Mundial da Retina, para alertar sobre a importância da saúde visual.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) mais de 2,2 bilhões de pessoas têm uma deficiência visual no mundo. Deste total, 1 bilhão de casos poderiam ser evitados ou ainda não foram tratados. Além disso, a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) é a principal causa da perda da visão em idosos, além de ser a terceira maior causa de cegueira no Brasil.

Sonny, que atualmente é líder do Movimento Bengala Verde Brasil, para quem tem baixa visão, presente em 14 países e fundador da Inclue, plataforma que auxilia pessoas com deficiência e idosos na experiência de compra no varejo, alerta sobre a importância da data. “Devido a falta de acesso à informação, muitas pessoas acabam desconhecendo a importância de cuidar da saúde ocular ou só procuram um especialista quando começam a ter um agravamento do quadro” comenta.

Acessibilidade e Inclusão

De acordo com Sonny, também é importante orientar e conscientizar a sociedade sobre a baixa visão. “É preciso ter mais políticas sociais para tratamento e acompanhamento dessas doenças. Além de melhorias na mobilidade urbana para pessoas com deficiência visual”, comenta Sonny.

Inclue

Fundada por Sonny Pólito, que possui deficiência visual, e Rodrigo Piris, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA), a Inclue pe...

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *