Gases no período menstrual

Caso da influenciadora Viih Tube, que sofreu com dores intensas por flatulência, alerta para cuidados em épocas que o sintoma pode estar mais presente

Ontem, um post da influenciadora Viih Tube sobre a situação que passou em um aeroporto por fortes dores causadas por gases viralizou rapidamente. A ex-BBB chegou a precisar de cadeira de rodas. O assunto foi tratado com muita naturalidade por ela, porém, costuma causar constrangimento, mesmo sendo algo natural. Mas você sabia que em alguns períodos as mulheres podem sentir a presença desagradável dos gases com mais intensidade?
 

Uma dessas épocas é antes e durante a menstruação. Nesse período, geralmente as mulheres se sentem inchadas e com a barriga dura. Uma das causas pode ser o intestino desregulado. Isso ocorre devido à alta de progesterona no corpo antes da menstruação. Ele pode atuar como um relaxante muscular, diminuindo os espasmos no trato intestinal. Essa situação pode gerar flatulência, desconforto e dores intensas, chegando até mesmo a confundir-se com os sintomas das cólicas habituais.
 

O ginecologista, especialista em endometriose, Patrick Bellelis, aconselha algumas ações para ajudar a evitar esse desconforto ou, ao menos, amenizá-lo.

 

Alimentação — Ter uma dieta saudável é sempre imprescindível, mas nesse período é preciso ter mais atenção. Consumir alimentos naturais, ricos em fibras, como grãos e verduras, pode ajudar. Além disso, evitar o excesso de carnes – de digestão mais lenta -, e o abuso de alimentos ultraprocessados. Diminua o sal. Contribuindo para o bom funcionamento do intestino, é mais fácil evitar os gases.
 

Exercícios regulares — Sabemos o quanto é difícil buscar energia neste período para fazer uma atividade física, mas ela é muito importante. Os exercícios podem ajudar a regular o sistema fisiológico e o aumento de endorfina age na diminuição das cólicas tradicionais e intestinais.


 Água — Desde pequenos ouvimos sobre a recomendação de beber dois litros de água por dia e ela faz total sentido. Quando ingerimos água, ela faz uma limpeza no organismo e ajuda a regular, contribuindo também para a diminuição dos gases.

Fonte: Patrick Bellelis – Tem ampla experiência na área de Cirurgia Ginecológica Minimamente Invasiva, atuando principalmente nos seguintes temas: endometriose, mioma, patologias intra uterinas e infertilidade. É graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC. Possui título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Laparoscopia e Histeroscopia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.