Herpes Labial: Conheça os Riscos Para Saúde, Causas, Sintomas e Tratamentos da Doença.

Herpes labial é uma infecção ocasionada pelo vírus Herpes Simplex 1 (HSV 1), que provoca o aparecimento de bolhas ou feridas na boca, geralmente nos lábios ou na região logo abaixo do lábio.

A herpes é altamente contagiosa, qualquer indivíduo de qualquer idade está sujeito a contrair essa infecção, pois o contágio é através do contato direto, “pode acontecer através de um beijo, ou pela utilização de objetos compartilhados como como copos, talheres, garrafas de bebidas e batons, por exemplo.” esclarece a cirurgiã dentista e especialista em saúde bucal Dra. Bruna Conde.

A Dra. Bruna explica, que essas bolhas e feridas podem causar formigamento, dor e coceira na região onde surgem. “Na maioria das vezes, o próprio sistema imunológico elimina o vírus, curando a infecção, mas existem alguns casos mais avançados que necessitam de remédios antivirais que podem ser aplicados no local para ajudar a recuperar mais rápido. Além disso, a laserterapia realizada por um dentista, pode ajudar na cicatrização e controle de dor.” diz a Dentista Antenada.

Pesquisas feitas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam que, mais de 3,7 bilhões de pessoas com menos de 50 anos no mundo já tiveram infecção causada pela herpes, cerca de mais de 67% da população mundial.


Segundo a Dentista Antenada, para diferenciar a herpes de outros problemas bucais que também provocam bolhas na boca, é preciso consultar um especialista, pois há casos específicos de aftas que podem ser confundidas com herpes.

A herpes é um tipo de vírus que após adquirido, normalmente fica no corpo por vários anos, mantendo-se “adormecido” a maior parte do tempo. Porém, existem alguns fatores que podem levar a que o vírus provoque o aparecimento de sintomas, e normalmente, estão relacionados com o sistema imunológico enfraquecido.

A especialista Dra. Bruna Conde ressalta mais alguns fatores que geralmente podem levar ao aparecimento das herpes: “Pequenas infecções, como gripes e resfriados, períodos intensos de estresse, presença de doenças do sistema imune como HIV ou lúpus, tratamento com antibióticos, exposição excessiva ao sol.” Informa a Dentista Antenada. Além disso, existem pessoas que podem entrar em contato com o vírus, se infectar porém nunca manifestar os sintomas.

“As feridas e bolhas nos lábios ficam bem sensíveis, podem causar dor ao movimentar a boca, dão bastante coceira e vermelhidão na área onde surgem.” explica a Dra. Bruna. “Muitas vezes é possível reconhecer até 48h antes do aparecimento de bolhas, que irá ter um aparecimento de herpes, pois existem sintomas que antecedem, como o caso do formigamento, a coceira, vermelhidão e desconforto no lábio.” completa a Dentista Antenada.

A Dra. Bruna Conde finaliza com algumas dicas Antenadas para te ajudar a não contrair a herpes labial:
Não compartilhe objetos pessoais com outras pessoas, especialmente copos, talheres, toalhas de rosto e evite passar batom ou hidratante labial emprestado;

Evite ao máximo provar alimentos de outras pessoas, como picolé, pirulito, canudos ou sorvetes;

Não use sabonetes de espaços públicos.

Antes de beijar alguém, olhe seu lábio, se tiver alguma ferida, mancha, pergunte a pessoa sobre a possibilidade de ter um problema.

Precisamos cuidar da nossa saúde e não abalar a saúde do próximo.





Dra Bruna Conde

Cirurgiã Dentista - CRO SP 102038 "Sou uma dentista antenada e busco estar ligada em tudo o que faz bem para a nossa saúde." Há mais de 10...

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.