“Ômicron é um Alerta para Manter Cuidados e Segurar Maiores Flexibilizações”, Destaca Professora da Unifesp

Um dos impactos diretos já sentidos no Brasil após as notícias da chegada da variante africana do coronavírus, chamada de ômicron, foi a contenção do otimismo que contagiava prefeituras e governos num movimento de flexibilização.

Para Soraya Smaili, professora de Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e coordenadora do centro SoU_Ciência, “havia um excesso de otimismo, com vários locais decidindo de maneira precoce flexibilizações como festas de fim de ano, com possibilidade de aglomerações, além da liberação do uso de máscara. Mesmo em locais abertos, são medidas sanitárias que ainda atuam e auxiliam fortemente no combate à pandemia e que não devem ser ignoradas ou deixadas de lado”.

Após o anúncio da nova variante que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é mais transmissível, várias cidades do país cancelaram eventos de Natal e de Réveillon, além de recuar da decisão sobre liberação do uso de máscaras em locais abertos, como aconteceu em São Paulo.

“No Brasil, temos duas frentes importantes e bem-sucedidas no combate ao coronavírus. Uma é o avanço da vacinação, que conta com o forte o sistema SUS em favor da imunização, além da elevada conscientização da população sobre a importância de se vacinar. A outra é a necessidade de continuarmos a adesão das pessoas aos protocolos sanitários e também às medidas não farmacológicas, como o uso de máscaras, além do distanciamento social. São duas frentes que devem seguir adiante, não temos alternativa, pois sabemos que a pandemia ainda está em curso, apesar de vivermos um momento epidemiológico mais ameno no país”.

Soraya conclui: “a nova variante coloca o país novamente em alerta, contém o clima de fim de pandemia e mostra para todos que os cuidados devem continuar.”

Profª Drª Soraya Smaili

Professora de Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e coordenadora do centro SoU_Ciência

Veja o perfil completo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.