Outono: Saiba os Cuidados Necessários com os Bebês ao Longo da Estação

O outono chegou. As temperaturas nos termômetros passam a cair sutilmente e o clima está mais seco. Nesta época do ano, é comum a contração de infecções respiratórias, como gripe, resfriado, bronquiolite e pneumonia, principalmente nos bebês. “Para aqueles que possuem algum tipo de alergia, como asma e rinite, esse impacto pode ser ainda maior”, destaca Dr. Renato de Oliveira, ginecologista e obstetra.

Além disso, o médico indica que os fatores climáticos típicos da estação podem levar ao ressecamento cutâneo dos pequenos, pois a pele é mais sensível e possui uma tendência natural à desidratação. Abaixo, o especialista sugere algumas dicas que podem ajudar a evitar as complicações comuns do período nos bebês. Confira:

• Opte por roupas que aqueçam na medida certa:

No outono as temperaturas ficam mais amenas, mas não tão baixas como no inverno. Portanto, Dr. Renato comenta que o ideal é vestir as crianças sem excessos, para não haver superaquecimento. “Escolha roupas com tecidos que o mantenham protegidos da corrente do ar, mas que ao mesmo tempo permitam que a pele transpire. É importante que elas sejam confortáveis e práticas para a hora da troca de fraldas”, recomenda.

• Higienize a casa com frequência:

É importante manter o lar sempre higienizado, evitando assim qualquer problema causado por ácaros, vírus ou bactérias. Ao fazer a limpeza dos cômodos, o médico sugere dar preferência ao aspirador de pó e um pano úmido no lugar das vassouras, pois essas levantam ainda mais poeira.

Outra indicação do especialista é trocar as roupas de cama dos pequenos duas vezes por semana e sempre as guardar dentro do armário. “Se o bebê possui problemas respiratórios, o ideal é retirar tapetes, carpetes e bichos de pelúcia do quarto, pois eles são fontes de ácaros”, aponta.

• Evite locais abafados:

Ambientes fechados, com baixa circulação de ar, aumentam as chances de proliferação de vírus. Sendo assim, Dr. Renato indica deixar as janelas levemente abertas, de forma que eles fiquem arejados. “Em dias em que o clima está muito seco, umidificadores de ar são uma boa opção, porque diminuem a secura do ambiente, auxiliando na respiração”, informa.

• Atenção quanto a alimentação:

De acordo com o especialista, para os bebês que não se alimentam apenas do leite materno, é preciso se atentar em relação a sua alimentação. Quanto mais saudável e rica em nutrientes a dieta do bebê for, melhor será para o reforço de sua imunidade. Além disso, a hidratação é ainda mais essencial no clima seco, por isso, ofereça água diversas vezes por dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *