Por que Bebê Chora?

A forma dele responder aos estímulos externos, o choro faz parte do desenvolvimento neurológico e comportamental do lactente. Ou seja, é a maneira que seu bebê se comunica.

“Medo do choro? Os pais ficam inseguros, porque ainda não sabem lidar com ele? Sim, porque o choro poderá significar algo importante, um dor forte ou alguma doença grave”. Com passar do tempo os pais reconhecem os tipos de choros, assegura a pediatra da Maternidade Brasília Sandi Sato.

Segundo Sandi Sato, se o bebê chorar após mamar, pode ser que ele esteja sofrendo de refluxo ou gases. “Ao término mamada para que o bebê arrote, colocar o máximo possível a criança ereta e nas costas dê leves tapinhas. Dependendo da quantidade de ar que o bebê engoliu ao mamar, o bebê vai chorar um pouco menos ou um pouco mais.

De acordo com a pediatra, outro motivo bem recorrente são as cólicas. Esse desconforto podem ter várias causas como: desenvolvimento do sistema nervoso central, imaturidade do aparelho digestivo, tipo de alimentação do bebê. “Pode haver outras causas não tão normais, como intolerância à lactose, anormalidades em hormônios gastrointestinais, entre outros”. Levar o bebê ao pediatra para avaliar o choro excessivo.

SBP – Confira algumas dicas para aliviar as cólicas nos pequenos:

  • A barriga do bebê deve ser encostada na barriga da mamãe.
  • Em um cobertor ou uma manta enrole o seu bebê.
  • Pegue as coxas do bebê dobre sobre a barriga dele.
  • Para auxiliar na redução da cólica/choro no lactente, dê um banho morno ou aplique compressas na barriga .
  • Evite excesso de pessoas ou muito barulho, reduzir estímulos.
  • Uma música ambiente, bem suave, tornando o ambiente o mais tranquilo possível.
  • Não utilize medicamentos sem a orientação do Pediatra, chás, não troque marcas de leite.
  • Siga sempre as recomendações do Pediatra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *