Uma História Sobre Xixi na cama: O Menino que Dormia na Banheira

O xixi acontece no silêncio da noite e coloca a casa em polvorosa. Substitui toda a roupa de cama, muda o pijama da criança e coloca tudo na máquina. O famoso “xixi na cama” e a saga das famílias pela situação. Silvana Deodato médica e escritora, escreveu livro – Uma história sobre xixi na cama – O menino que dormia na banheira. Para auxiliar os pais, educadores e profissionais da saúde nessa rotina estressante

O “o menino” personagem principal – que brinca, corre, come e se diverte, ou seja, uma criança normal. À noite se prepara para dormir e sempre tem o mesmo relaxante sonho: que está tomando banho em uma banheira. Quando acorda, vem o pesadelo, e em seguida as águas rolam pelo colchão. Ele ganhou um novo “brinquedo”, um relógio “diferentão”, que a mamãe deu a ele, que só poderia ser usado à noite.

O alarme para ser colocado no braço é um brinquedo para ele lembrar de acordar no meio da noite, quando o xixi começa a surgir e entra em contato com o dispositivo na roupa da criança, evitando os incidentes noturnos, mas também a exaustiva maratona para deixar tudo em ordem. O objetivo da medica foi transmitir a sua experiência como médica de família e comunidade às pessoas que sofrem com esse dilema.

“Enquanto o menino dormia

Quase sempre acontecia:

Ele sonhava

Que se banhava

E era tão legal

Não tinha nada igual

Ficar deitado na banheira

A noite inteira”

(O Menino que Dormia na Banheira, pág. 04 e 05)

Silvana Deodato antes de se formar médica trabalhou como cuidadora de crianças em creche o que lhe confere bagagem teórica e prática sobre o assunto. Sempre teve interesse em unir a medicina e a escrita por meio de narrativas e poesia, e assim lançar luz sobre temas da saúde de forma leve e descontraída.

Ficha Técnica:

Sinopse: Um menino como quase todos os meninos: brinca, corre, come e se diverte. À noite bota o pijama e se esparrama na cama. Mas lá pelas tantas, o inesperado acontece, ele sonha que está tomando banho na banheira. Um sonho bem legal, se não fosse o pesadelo de acordar todo molhado e ainda levar bronca da mãe. O menino então vive entre a felicidade de sonhar e a tristeza de saber que na realidade não é tão divertido dormir na banheira. Depois de certo tempo, ele é surpreendido com um presente que aos poucos vai transformar sua vida e seus sonhos.

Sobre a autora: Silvana Benjamin Deodato é médica de família e comunidade e ama escrever, especialmente poemas. Antes de ser médica, trabalha como cuidadora de crianças em creche, secretária de escola e técnica de enfermagem. Enquanto isso a poesia ia sendo um passatempo. Em 2019 escreveu uma cartilha sobre o Programa Saúde na Escola, em forma de poemas. Publica sua poesia no Instagram e deseja levar educação em saúde através da literatura, não só para crianças, mas para toda a família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *