Verão – Curtir de Maneira Segura para Sua Pele

Cerca de 30% da população do Brasil sofre com o câncer de pele o não melanona, todo ano temos ao redor de 180 mil novos casos. Mas esse número não é tão preciso, o não melanoma nem sempre entra nas estimativas como outros tipos de câncer.

Mesmo que a exposição seja rápida, a proteção deverá ser diária, mesmo em dias nublados os raios ultravioletas estão presentes.

Todos os tipos de câncer, se diagnosticados de forma precoce, têm grandes chances de cura. Por isso, é importante consultar frequentemente um Dermatologista.

Tipos definidos – não melanoma, que são a maioria, e melanoma, o mais agressivo

  • Carcinoma basocelular (não melanoma): com evolução lenta de ferida ou nódulo, tipo mais comum da doença.
  • Carcinoma espinocelular (não melanoma): é também o tipo mais raro, principalmente as decorrentes de queimadura, também surge por meio de crosta sobre uma cicatriz ou uma verruga na face. Ele apresenta chance de metástase sendo considerado o tipo mais grave do não melanoma.
  • Melanoma: Apesar de ser o mais agressivo, com pintas irregulares, alteração de formato, cor e textura com crescimento progressivo. É um tipo raro.

Prevenção – A prevenção evita problemas e sofrimentos no futuro

Protetor solar: usá-lo diariamente, no corpo todo. O protetor acima de 30, para as peles claras bem como para as negras. O produto escolhido deverá ter resistência principalmente à agua, muito importante se a frequência ao uso de piscina e praia for grande. Também deverá ser maior a proteção, no caso da pele mais clara e com mais manchas. Ah! deverá passar em regiões que não damos importância, como pés e orelhas, mas recebe radiação do mesmo jeito;

Sol apenas em horários específicos: Horário ideal de manhã cedo e final da tarde, média de 15 minutos, nas costas e dorso das pernas, o que garantirá a produção de vitamina D diária. A necessidade de sol pode variar conforme cor da pele, peso e idade, o médico deverá ser consultado.

Óculos de sol e Chapéu : Abuse dos óculos de sol, a pele da região dos olhos é bem sensível e quanto mais protegida melhor. Muito difícil de receber o protetor solar o couro cabeludo é muito sensível, por isso, use e abuse de chapéus ou bonés de sol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *