Como Incentivar a Leitura Entre as Crianças?

Ler desenvolve a atenção, a capacidade de concentração, incrementa o vocabulário, melhora a memória e o raciocínio

O dia 18 de abril é considerado o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi escolhida pois, nesse dia, em 1882, nasceu o escritor Monteiro Lobato, considerado o pai da literatura infantil brasileira.

Oportunizar o acesso aos livros na primeira infância é um convite para as experiências literárias. Mesmo antes da criança decodificar os códigos (letras e números) ela já faz a leitura das imagens e de símbolos. 

“Promover o acesso dos livros às crianças, além do convite às experiências literárias, é aproximá-las do conhecimento, das informações e da própria cultura por meio da leitura”, afirma Márcia Sayoko Nanaka, coordenadora de Educação Infantil do Colégio Marista Arquidiocesano, um dos mais tradicionais da capital paulista . 

As primeiras experiências se dão por meio das contações de histórias promovidas pelo adulto ou pela apreciação das imagens dos livros. O adulto (família e professores) têm papel fundamental neste processo, pois são eles que promovem momentos de leitura, contação ou apreciação dos livros. 

“As crianças são muito observadoras, e muitas vezes aprendem pelo olhar atento. É preciso que o adulto valorize esses momentos e dê sentido à leitura – seja de história, receita de comida, bula de remédio ou outros textos. Além de mostrar o seu propósito, é  importante despertar a vontade de aprender e a curiosidade pelo texto escrito”, explica a coordenadora. 

Os passeios culturais, o hábito de frequentar bibliotecas e livrarias estimulam o lúdico e a imaginação. Por intermédio das contações de histórias e da interação, as crianças ainda  podem desenvolver habilidades cognitivas, psicológicas e sociais.

A convivência com a leitura, contações ou até narrativas pessoais possibilita à criança interagir com a literatura. Todas as formas de expressão artística que incentivam a imaginação e dão vida a personagens podem contribuir para o interesse pela leitura. Filmes,  músicas e peças de teatro inspiradas em livros, por exemplo, podem ser uma extensão para que aquele conteúdo seja inserido em casa. Depois de assistir ao filme, a criança pode se interessar pela história do livro, ou mesmo antes de ir a uma peça de teatro, conhecer os personagens pode criar uma identificação. Todas essas são formas de contribuir para a descoberta do mundo da leitura.

“A escola é o espaço ideal e propício para o processo. O incentivo a conhecer e identificar os símbolos, palavras, frases e imagens se fortalece ainda mais por meio da relação com a professora ou professor que a criança se sente segura . Através dessa observação em sala de aula e nas atividades lúdicas é que as percepções sobre cada aluno individualmente podem ser observadas”, reforça a professora Márcia.  

Confira dicas de como incentivar a leitura nos pequenos: 

  • Levá-las a livrarias ou bibliotecas;
  • Ler histórias para as crianças;
  • Presentear as crianças com bons livros;
  • Manusear livros de banho (bebês);
  • Oportunizar o acesso aos livros em casa (deixar os livros as mãos);
  • Em casa propiciar (se possível) um cantinho de leitura.

Colégios Maristas Os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 19 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos integrados por formação, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.