Tudo Que Você Precisa Saber Sobre o Estrabismo Convergente

A doença que leva o olho a se desviar para dentro, ou seja, em direção ao nariz, chama-se estrabismo, popularmente chamado de vesguice. É também o mais comum na infância.

De acordo com Dra. Marcela Barreira, oftalmopediatra especialista em estrabismo, aparecimento desarmonização dos eixos visuais.

Desde o início

O desvio nos olhos do bebê: até os 3 meses de vida, é considerado normal, pois a visão está em desenvolvimento, exceto nos casos congênitos. Mas o ideal é sempre procurar um oftalmopediatra.

A origem

Em geral, o estrabismo são causados por erros de refração, hipermetropia e também é causado por alterações nos músculos. Nos últimos anos, mostram que existe uma base genética envolvida no estrabismo, relacionada à expressão de genes específicos dos músculos oculares.

Os pesquisadores alertam sobre alterações genéticas partilhadas por famílias, ou seja, muitas famílias com muitos membros com estrabismo.

Doenças neurológicas, paralisia cerebral e outras como Down podem causar estrabismo.

Além da estética

“Entretanto, a cirurgia é fundamental para preservar a visão binocular, responsável pela visão de profundidade, a visão 3D” e não só melhorar estética, ressalta Dra. Marcela.

Importância da visão binocular

Em diversas profissões, como piloto de avião, médico cirurgião, a visão binocular intacta é exigida.

Nós vemos a imagem da seguinte maneira: cada olho capta uma imagem por meio da retina. As imagens são transmitidas ao cérebro que funde em uma única, por meio do nervo óptico. A imagem mais correta, ou seja, aquela captada pelo olho perfeito, é a que será escolhida.

“Supressão irreversível pode ocorrer? sim, caso essa supressão aconteça por tempo prolongado, no desenvolvimento visual, ou seja, a entre os dois anos de idade, e que se completa por volta dos sete, durante o período considerado crítico. Ou seja, o cérebro vai dar preferência ao olho com visão correta.

Cirurgia ou tampão?

Em relação ao uso do tampão:

O tampão não ajusta o desvio, não resolve o problema, mas pode ser necessário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *